Felipe Massa conquista segundo pole seguida no GP da Turquia
No retorno à pista onde conquistou a sua primeira vitória na Fórmula 1, Felipe Massa, da Ferrari, garantiu neste sábado a pole position para o Grande Prêmio da Turquia ao cravar a volta mais rápida, com o tempo de 1min27s329. Na temporada passada, o piloto brasileiro também havia saído na frente antes de cruzar a linha de chegada na primeira colocação.

Para a 12.ª etapa da temporada da principal categoria do automobilismo mundial, Massa terá a companhia de Lewis Hamilton (McLaren) na primeira fila. O líder do Mundial de Pilotos cravou o tempo de 1min27s373 na sua melhor volta, seguido pelo finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari). Fernando Alonso (McLaren) não esteve bem na última sessão do treino classificatório e conseguiu apenas a quarta colocação no grid (1m27s574).

"É ótimo largar na pole position aqui. A corrida de amanhã [domingo] será muito dura. Mas, esse é sempre um bom começo", disse Massa. "Temos um ótimo carro para a corrida como já mostramos na classificação. Todos também estão muito competitivos, como sempre. Acho que será um corrida difícil para nós pilotos e muito boa para o público", acrescentou.

Assim como tem ocorrido ao longo da temporada, o brasileiro Rubens Barrichello (Honda) não esteve bem e praticamente repetiu o fraco desempenho apresentado nos treinos livres de sexta-feira quando ficou em 15.º. Na corrida de domingo, ele vai sair no 14.º posto (1min28s188), uma posição à frente do seu companheiro de equipe, o inglês Jenson Button.

A principal decepção do classificatório foi o alemão Ralf Schumacher. Ameaçado de não renovar com a Toyota para 2008, o irmão do heptacampeão Michael Schumacher (já aposentado) foi eliminado logo na primeira etapa do treino e vai sair apenas na 18.ª posição – ele havia ficado entre os quatro mais rápidos nas sessões livres de sexta. Já o inglês Anthony Davidson surpreendeu ao conseguir deixar a Super Aguri no 11.º posto do grid – seu companheiro, o japonês Takuma Sato, não repetiu o feito e também foi eliminado ainda na primeira parcial (vai sair em 19.º).

Massa, que conquistou a oitava pole na carreira na Fórmula 1, precisa vencer a corrida na Turquia para seguir na luta pelo título do Mundial de Pilotos. O brasileiro ocupa a quarta colocação na classificação geral com 59 pontos, 21 atrás do líder Hamilton. Alonso segue logo atrás do britânico (73), enquanto Raikkonen é o terceiro (60). A largada para a prova no Circuito de Istambul acontece às 9 horas (horário de Brasília) deste domingo, com transmissão ao vivo pela Rede Globo.

Confira o grid de largada para o GP da Turquia:

1.º Felipe Massa (BRA/Ferrari) – 1m27s329

2.º Lewis Hamilton (ING/McLaren) – 1m27s373

3.º Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – 1m27s546

4.º Fernando Alonso (ESP/McLaren) – 1m27s574

5.º Robert Kubica (POL/BMW) – 1m27s722

6.º Nick Heidfeld (ALE/BMW) – 1m28s037

7.º Heikki Kovalainen (FIN/Renault) – 1m28s491

8.º Nico Rosberg (ALE/Williams) – 1m28s501

9.º Jarno Trulli (ITA/Toyota) – 1m28s740

10.º Giancarlo Fisichella (ITA/Renault) – 1m29s322

11.º Anthony Davidson (ING/Super Aguri) – 1m28s002

12.º Mark Webber (AUS/Red Bull) – 1m28s013

13.º David Coulthard (ESC/Red Bull) – 1m28s100

14.º Rubens Barrichello (BRA/Honda) – 1m28s108

15.º Jenson Button (ING/Honda) – 1m28s220

16.º Alexander Wurz (AUT/Williams) – 1m28s390

17.º Vitantonio Liuzzi (ITA/Toro Rosso) – 1m28s798

18.º Ralf Schumacher (ALE/Toyota) – 1m28s809

19.º Takuma Sato (JAP/Super Aguri) – 1m28s953

20.º Sebastian Vettel (ALE/Toro Rosso) – 1m29s408

21.º Adrian Sutil (ALE/Spyker) – 1m29s861

22.º Sakon Yamamoto (ALE/Spyker) – 1m31s479