Depois de por fim a série de maus resultados, com o sexto lugar em Mônaco, Felipe Massa se mostrou otimista para a disputa do Grande Prêmio do Canadá do Mundial de Fórmula 1, que será realizado no próximo fim de semana.

Apesar de feliz com a colocação nas ruas de Monte Carlo, o brasileiro da Ferrari sabe que o trabalho precisa ser intenso para melhorar o desempenho. “Não podemos estar satisfeitos, agora devemos trabalhar mais”, disse o piloto em declarações publicadas no site da escuderia. Massa afirma que a busca é por adaptar o carro a seu modo de dirigir, e que isso feito seu desempenho vai melhorar. “Se ajustarmos a direção, sei o que posso fazer”, explicou. O brasileiro revelou que está se sentindo mais seguro, depois de ter sido competitivo durante todo fim de semana em Mônaco.

O piloto da equipe italiana admitiu que o circuito de Montreal tem características próprias e que precisam ser estudadas detalhadamente, contudo, ele afirma que os ajustes devem seguir a linha dos realizados no último Grande Prêmio. Para Massa, o principal objetivo é encontrar “o ajuste correto de tração na saída das chicanes, porque não se pode simplesmente colocar mais carga aerodinâmica sobre o carro e depois ter muita resistência nas retas velozes”.

Massa revelou que usará os modelos macio e supermacio na prova, após ver que estes não se desgastavam com tanta rapidez. Com isso tudo, o horizonte para o piloto é positivo: “Esperamos que o carro seja ainda mais forte do que em Mônaco”, falou o 14º colocado no Mundial de Fórmula 1.