O técnico do Manchester United, Alex Ferguson, recebeu com um misto de otimismo e cautela a notícia de que o seu time irá enfrentar o Bayern de Munique nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, fato que ficou definido após o sorteio realizado pela Uefa nesta sexta-feira, em Nyon, na Suíça.

Em nota publicada pelo site oficial do Manchester United, o treinador afirmou que o seu time tem uma “boa chance” de avançar na competição, até mesmo porque terá a vantagem de disputar, em casa, o confronto de volta do mata-mata.

Ao mesmo tempo, porém, Ferguson ressaltou que a experiência e a tradição do Bayern não podem ser desprezadas. Para justificar a sua cautela, o comandante lembrou que o histórico de confrontos entre os times é equilibrado e dá uma pequena vantagem ao time alemão. Em sete partidas, aconteceram quatro empates, a equipe de Munique ganhou duas e houve apenas um triunfo inglês.

A única vitória do Manchester, porém, foi marcante. O time da Inglaterra superou o rival na final da Liga dos Campeões de 1999, quando obteve uma virada espetacular ao marcar dois gols no finalzinho do confronto que terminou em 2 a 1. Dois anos depois, o Bayern deu o troco no Manchester ao eliminá-lo nas quartas de final da competição europeia.

“O histórico das partidas contra o Bayern em duelos europeus nos diz que esse será um duelo muito difícil para nós”, afirmou Ferguson, que depois acrescentou: “Será uma fantástica atmosfera em ambos os jogos (das quartas de final). Eles têm um grande estádio e um bom campo e nós estamos diante de um bom e experiente time”.

Para superar o Bayern, Ferguson espera poder contar com a força total do seu elenco, fato que ele considera fundamental para assegurar a classificação. “Espero que possamos ter todos (jogadores) que precisamos para o jogo. Se isso ocorrer, então teremos uma boa chance (de avançar).”