O atacante Fernandão surpreendeu nesta segunda-feira ao fechar o seu retorno ao Goiás, clube pelo qual despontou para o futebol. Pretendido por grandes equipes brasileiras, o jogador era cotado para reforçar o Internacional, voltando assim ao time onde obteve mais destaque na carreira. Mas, após o acerto com o clube goiano, Fernandão revelou uma mágoa com a diretoria do Inter.

O atacante afirmou em seu blog na internet que o time gaúcho não teria facilitado o seu retorno a Porto Alegre. “Tenho duas casas, todos sabem. Uma me escancarou as portas, a outra me fechou!”, escreveu Fernandão, se referindo ao Goiás e ao Inter. “Não era, e não está sendo por dinheiro”, continuou. “Estou no aeroporto do Catar. Amanhã (terça-feira) escrevo meus motivos.”

Em processo de desligamento do Al-Gharafa, por divergências financeiras, Fernandão tinha deixado clara a sua intenção de retornar ao Brasil. Livre do vínculo com o time do Catar, ele foi procurado por São Paulo e Santos, sendo que o Palmeiras também admitiu esperar a sua chegada ao País para fazer uma proposta. O Inter, porém, não chegou a revelar interesse oficial pelo jogador.

Também em seu blog, Fernandão chegou a confirmar que não recebeu uma oferta do Inter. “Esperei o Inter me fazer uma proposta, seja ela qual fosse. Por questão de eu ter saído dele quando vim para fora”, contou o atacante. “Não abri negociação com nenhuma equipe. Recebi vários telefonemas e não falei de R$ 1 que fosse com equipe nenhuma. Estava esperando decidir minhas coisas.”