Longe de acompanhar o ritmo do pole position Sebastian Vettel, os pilotos da Ferrari admitiram o fraco desempenho da escuderia no treino classificatório do GP da Coreia do Sul e trataram de reduzir as expectativas para a corrida deste domingo. Para Fernando Alonso e Felipe Massa, a equipe italiana tem poucas chances de subir ao pódio.

“Desta vez não estamos fortes em ritmo de corrida. Ao menos na simulação que fizemos sexta-feira ficamos longe de Red Bull, Mercedes e Lotus”, declarou Alonso. “E aqui, diferentemente da pista de Cingapura, é muito mais fácil ultrapassar. Portanto, mesmo que eu faça uma largada como a anterior, será difícil manter-me à frente dos que ultrapassar no início da prova.”

Para Massa, a Ferrari só conseguirá subir ao pódio se tiver “sorte”. “Com certeza vamos precisar ter muita sorte para alcançar o pódio”, reforçou o brasileiro, que foi o 7º mais rápido do treino, mas largará em 6º por causa da punição aplicada ao australiano Mark Webber, terceiro colocado no treino.

Massa demonstrou preocupação especial com a alta degradação dos pneus da Ferrari. “Nossa degradação de pneus está alta e há carros que os usam muito melhor que nós. Veja quanto algumas equipes avançaram de uma prova para a outra. Os novos pneus claro que ajudaram a Red Bull. A Mercedes também”, enumerou.

Assim como o brasileiro, Alonso criticou a falta de resistência dos pneus da Pirelli. “Aqui na Coreia eu exigi tudo deles, o supermacio, no início da volta no Q3 e no final a aderência já não era a mesma. Os pneus acabam antes de completar cinco quilômetros, alguma coisa está errada”, reclamou.