David Ferrer voltou a ser campeão de um torneio ATP após quase dois anos. Neste domingo, com certa tranquilidade, o espanhol superou o ucraniano Alexandr Dolgopolov por 2 sets a 0, com duplo 6/4, e conquistou o Torneio de Bastad, disputado em quadras de saibro, na Suécia.

Oitavo favorito da competição e 46º do ranking da ATP, Ferrer se impôs desde o início, pressionou o primeiro serviço do adversário e não teve grandes dificuldades diante de Dolgopolov, 89º do mundo.

Curiosamente, o ucraniano teve uma porcentagem menor de pontos vencidos com o primeiro (55%) do que com o segundo (61%) saque. Ferrer, assim, contando com a instabilidade do adversário, teve oito chances de quebra e confirmou três, além de ter salvo quatro de cinco break points.

Eliminado na terceira rodada de Wimbledon e na segunda de Roland Garros, Ferrer conquistou novamente um troféu após quase dois anos – o último título foi no Torneio de Viena, apenas em outubro de 2015.

Esta foi a 27ª conquista da vitoriosa carreira do espanhol e a terceira no torneio sueco. Com 35 anos, ele chegou a ocupar a terceira posição do ranking da ATP em 2013.