Durante reunião realizada nesta sexta-feira, da qual participaram seus novos integrantes, a Comissão de Futebol da Fifa solicitou à entidade a criação de um regulamento que proíba a propriedade dos direitos dos jogadores por parte de terceiro.

A Fifa confirmou que apresentará uma proposta sobre o assunto no próximo encontro da comissão, ainda sem data definida.

Nesta sexta, foi destacada a necessidade de se criar uma normativa internacional sobre agentes de jogadores. Além disso, o grupo debateu o sistema de contratações e recebeu informações sobre o estado do futebol feminino, a equidade financeira e a proteção de menores.

A Comissão, liderada pelo presidente da Uefa, Michel Platini, contará com Pelé e Franz Beckenbauer no papel de assessores especiais e teve na reunião de hoje a presença de seus novos membros, entre os quais estão o australiano Harry Kewell e o argelino Rabaj Madjer.

“Esta comissão tem a importante missão de apontar os problemas que cercam o futebol, começando com a forma de combater a ameaça que representa a combinação de resultados, as estruturas do futebol, seu desenvolvimento e outros assuntos relacionados diretamente com o próprio futebol. Sua nova composição representa a quinta-essência do futebol, com especialistas de renome mundial que darão as soluções necessárias”, afirmou o presidente da Fifa, Joseph Blatter.