Após reunião do Comitê Executivo nesta sexta-feira, em Zurique, na Suíça, a Fifa anunciou o fim da suspensão ao futebol do Iraque, que impedia que a seleção iraquiana e os clubes do país disputassem qualquer competição internacional.

A suspensão ao Iraque estava em vigor desde novembro do ano passado, por causa da intervenção que o Comitê Olímpico Iraquiano fez na federação de futebol do país – a Fifa não admite interferência política em suas afiliadas.

Mas o presidente da Fifa, Joseph Blatter, anunciou nesta sexta-feira que trabalhou em parceria com o Comitê Olímpico Internacional (COI) para resolver o problema no Iraque. E um acordo já foi selado para contornar a situação.

Assim, os dirigentes do futebol iraquiano terão de apresentar para a Fifa o novo estatuto da Federação do Iraque até o dia 31 de maio. E, em até dois meses depois disso, deverá acontecer uma assembleia geral para eleição da nova diretoria.