Flamengo e Vasco já fizeram diversos clássicos “de seis pontos”. Na maioria das vezes o confronto entre os dois mais tradicionais rivais do futebol carioca valeu título ou posições no alto da tabela. Neste domingo, Estádio Mané Garrincha, em Brasília, a partida servirá para ambos tentarem fugir da zona de rebaixamento.

O Vasco escapou das quatro últimas posições ao vencer o Inter, na noite de quinta. O Flamengo se distanciou um pouco da degola nas últimas rodadas, hoje tem cinco pontos a mais que o rival, mas não pode relaxar.

“Esse clássico vale muito mesmo. Não tem favorito. O jogo será difícil, mas temos que entrar para vencer, pois o Vasco é um adversário direto nessa missão de se distanciar da zona do rebaixamento. Queremos nos afastar desse grupo de baixo da classificação para pensar em algo melhor depois”, comenta o técnico Jayme de Almeida.

Depois do pedido de demissão de Mano Menezes, as coisas melhoraram na Gávea. O time não perde desde o dia 19 de setembro e marcou sete gols nos últimos quatro jogos. “Depois do empate com o Náutico e da saída do Mano Menezes, veio aquele jogo contra o Botafogo. Foi quando começamos a crescer como equipe. Naquela partida, a torcida veio junto com o time e nos deu ainda mais força. Eu não esperava que nossa recuperação fosse tão rápida”, admitiu o treinador.