O assédio é intenso, mas o Paraná Clube reluta. O Flamengo não desistiu de contar com Éverton imediatamente, mas até agora não fez uma proposta que sensibilizasse os dirigentes tricolores.

No Rio de Janeiro, os boatos davam conta de que hoje o clube da Gávea anunciaria as contratações não só de Éverton, mas também do atacante Josiel, artilheiro do Brasileirão 2007, vestindo a camisa tricolor.

“Estive reunido com o Jatobá, procurador do atleta. E não há nada”, disse o presidente Aurival Correia, ontem à noite. Fala-se que o Flamengo acena com “uma bolada” para o Tricolor liberar o meia já, mas o dirigente tricolor desmente essa versão. “Nos passaram uma lista de atletas, sendo que nenhum deles nos interessa.” Correia, no entanto, não nega que o assédio é intenso.

Diante disso, o técnico Paulo Comelli tratou de conversar com o jogador ontem à tarde. Espera contar com Éverton diante do Avaí, mas para isso precisa do meia com a cabeça focada no jogo.