O Flamengo é o campeão da Taça Guanabara. Goleando o Madureira por 4 x 1, ontem, no Maracanã, o Rubro-Negro conquistou pela 17.ª vez o troféu, correspondente ao primeiro turno do Campeonato Carioca. Souza (2), Renato Augusto e Renato, este de pênalti, marcaram os gols do time da Gávea. Léo Fortunato anotou para o tricolor suburbano.

Para completar a felicidade da torcida do Fla, o resultado foi exatamente o mesmo da derrota pela quinta rodada, em um autêntico troco de campeão.

Para quem precisava fazer rapidamente um gol para desfazer a desvantagem de 1 x 0 da primeira partida da final, o início do confronto não poderia ter começado melhor para o time da Gávea. Logo no primeiro minuto, Renato cobrou falta da esquerda e, após confusão na área, Souza testou para a rede: Fla 1 x 0.

Em muito maior número,

a torcida do Flamengo explodiu no Maracanã. Porém, dois minutos depois, veio o balde de água fria:

Léo Fortunato aproveitou falha de Claiton e empatou.

Mas o Fla seguia no ataque. E, aos oito, novamente Souza foi mais esperto que a defesa e cabeceou no canto direito: 2 x 1.

A zaga do Madureira, até então a mais eficiente no estadual, parecia insegura. Tanto que aos 13? Renato Augusto tentou um passe para a área, mas a bola bateu em dois jogadores do tricolor suburbano e sobrou limpa para ele mesmo ampliar.

Como o placar lhe tirava o título, o técnico Alfredo Sampaio mexeu logo aos 16 minutos, trocando o volante Neto pelo atacante Josimar.

No segundo tempo, o Rubro-Negro parecia mais agressivo e logo aos 3 minutos Souza carimbou a trave.

Em seguida, Juan perdeu à frente do goleiro Everton.

Porém, aos 37?, Claiton foi derrubado na área por Odvan. Renato cobrou o pênalti com categoria e fez o quarto, para delírio da massa rubro-negra.