Dois jogadores considerados reservas do time de Zé Ricardo vão usar, durante a temporada 2017, dois números considerados “nobres” no Flamengo. O clube carioca divulgou nesta segunda-feira a numeração de camisas para o ano com Éderson mantendo a “10” que já foi de Zico e o argentino Mancuello vestindo a “11”.

A “11” era utilizada por Emerson Sheik até a temporada passada e ficou vaga depois da saída do atacante. Seu novo dono, Mancuello foi titular em apenas nove partidas no Brasileirão do ano passado. Da mesma forma, Éderson atuou em somente oito jogos no total. Mesmo assim, manteve a “10”.

Reforços, Trauco vai usar a “13”, Conca escolheu vestir a “19”, enquanto Rômulo será apresentado com a “27”. Reintegrado ao elenco depois de atuar no futebol indiano, o atacante Cafu usará a “36”. De 0 a 11, estão vagas as camisas “1” (Alex Muralha tem a “38”) e “3”.

Confira a numeração completa do Flamengo para 2017:

Goleiros – Alex Muralha (38), Thiago (44), Gabriel Batista (45), Paulo Vitor (48) e

Yago (50)

Zagueiros – Juan (4), Réver (15), Donatti (25), Rafael Vaz (33), Léo Duarte (43);

Laterais – Rodinei (2), Jorge (6), Trauco (13), Pará (21) e Thiago Ennes (46);

Meio-campistas – Willian Arão (5), Márcio Araújo (8), Mancuello (11), Conca (19), Cuellar (26), Rômulo (27), Diego (35), Lucas Paquetá (39), Ronaldo (41) e Matheus Sávio (42);

Atacantes – Marcelo Cirino (7), Guerrero (9), Éderson (10), Gabriel (17), Leandro Damião (18), Éverton (22), Cafu (36), Adryan (37), Thiago Santos (40) e Felipe Vizeu (47).