Quebrando o discurso da cautela que costuma se repetir a cada partida fora de casa, o Flamengo promete dar tudo pela vitória no primeiro duelo com o Sport, hoje, na Ilha do Retiro, pelas semifinais da Copa do Brasil. O jogo de volta será no dia 18, no Maracanã.

“Vamos encontrar dificuldades em Recife. Mas hoje temos um grupo forte, experiente e maduro, que tem tudo para levar o Flamengo a um grande resultado”, diz o lateral-esquerdo Athirson, que segue desfiando seu otimismo.

“Eu até prefiro jogar a primeira partida fora de casa, pois é bom saber se vamos ter de administrar ou partir para cima no segundo jogo. Tenho certeza de que o Flamengo levará 60 ou 70 mil torcedores ao Maracanã na semana que vem”, antevê.

Hoje, o time carioca não terá o zagueiro Fernando, machucado, e o volante Paulo Miranda, que não está inscrito na competição Valdson e Jonatas entram na equipe. Em compensação, o atacante Edílson está confirmado ao lado de Jean ou Fernando Baiano.

Já o Sport não terá a dupla de ataque titular: Adriano Chuva e Valdir Papel, suspensos, que devem ser substituídos por Júnior Amorim e Clayson Rato Ricardinho corre por fora para ocupar uma vaga.

“É lógico que Chuva e Papel farão falta, mas o clima é ótimo para o jogo contra o Flamengo e acredito que meu ataque vai funcionar bem”, diz o técnico Hélio dos Anjos.

Livre das dores na coxa direita, o meia Nildo reaparece no time pernambucano, assim como o zagueiro Gaúcho, outro que ficou fora do empate em 2 x 2 com o Marília, sábado, em Recife, pela Série B do Brasileiro.

“O grande lance neste primeiro jogo contra o Flamengo é não levar gol, para termos tranqüilidade na partida de volta”, receita Gaúcho, capitão do Sport.

Sport x Flamengo

Local: Ilha do Retiro. Horário: 21h45. Árbitro: Héber Roberto Lopes (Fifa/PR).

Sport: Maisena, Carlinhos, Gaúcho, Sílvio Criciúma e Juninho Goiano; Ataliba, Fernando César, Nildo e Cléber; Clayson Rato e Júnior Amorim (Ricardinho). Técnico: Hélio dos Anjos.

Flamengo: Júlio César, Luciano, André Bahia, Valdson e Athirson; Fabinho, Jonatas, Felipe e Fábio Baiano; Edílson e Fernando Baiano (Jean). Técnico: Nelsinho Baptista.