Fortaleza (AE) – Com a ajuda do campeão Brasiliense e uma força extra de sua torcida, o Fortaleza sagrou-se o novo integrante da elite do futebol brasileiro em 2005. O time cearense embalou a festa no Castelão e venceu neste sábado o Avaí por 2 a 0, exatamente o resultado que precisava para garantir o acesso.

Com a boa vitória, o Fortaleza chegou aos oito pontos, mesmo número do Avaí. O time cearense, no entanto, terminou com um saldo de zero, enquanto o Avaí ficou com saldo negativo de um gol. O time comandado por Zetti ainda contou com a derrota do Bahia para o Brasiliense, em plena Fonte Nova, por 3 a 2.

Mesmo sabendo que precisava de uma vitória de mais de um gol de diferença para conseguir o acesso, o Fortaleza começou o jogo um tanto afobado e dando sinais de desorganização tática, o que facilitava a missão do Avaí de conseguir o empate. Mas aos poucos e empurrado pelos incessantes gritos de apoio de sua torcida, o time cearense foi crescendo de produção no jogo.

Aos 32 minutos os donos da casa conseguiram abrir o placar. Sérgio fez levantamento pela direita e Marcelo Lopes se atirou para marcar um bonito gol de cabeça, inflamando ainda mais a animada torcida. Em resposta, o Fortaleza conseguiu manter o bom momento e pressionou até o final do primeiro tempo. Aos 45, Marco Antônio perdeu gol feito, cabeceando para fora.

Sabendo que o Bahia atrasou o início do jogo em Salvador Fortaleza e Avaí se utilizaram da mesma tática no intervalo em Fortaleza, atrasando a volta em cerca de 20 minutos. Com a bola rolando, o que se viu foi um Fortaleza mais comedido, tentando explorar contra-ataques para marcar o segundo gol.

Aos 18 minutos, o Fortaleza desperdiçou mais uma ótima oportunidade. Juninho Cearense deu um lençol em Naílton, mas na hora de finalizar, mesmo sozinho com o goleiro, chutou por cima. O jogo parecia que caía de produção, mas um gol do Brasiliense, em Salvador, agitou novamente a partida. Aos gritos de "volta Leão, pra Primeira Divisão", a torcida do Fortaleza viu, aos 32 minutos, o zagueiro Ronaldo Angelim marcar de cabeça o gol do acesso.

Ficha Técnica

Fortaleza – Bosco; Erandir, Fernandão e Ronaldo Angelim; Sérgio, Marcelo Lopes, Dude (Juninho Goiano), Mazinho Lima e Juninho Cearense (Daniel Sobralense); Guaru e Marco Antônio (Jean Carlo). Técnico: Zetti.

Avaí – Adinam; Edílson, Jardel (Bidu), Naílton e Marquinhos; Juliano, Marcos Basílio, Marquinhos Paraná e Paulista (Luizinho Netto); Joelson e Tico (Silvinho). Técnico: Roberto Cavalo.

Gols: Marcelo Lopes aos 32 minutos do 1º tempo; Ronaldo Angelim aos 32 minutos do 2º tempo.

Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)

Cartão Amarelo: Jardel, Marcelo Lopes

Público: 21.029 pagantes

Renda: não fornecida

Local: Estádio Castelão, em Fortaleza (CE)