O desempenho do Internacional no empate por 1 a 1 com o Deportivo Quito, na noite de quinta-feira, no Equador, pela Libertadores, foi aprovada por Jorge Fossati. O treinador elogiou a disposição dos jogadores, que tiveram que enfrentar os 2.850 metros de altitude de Quito, e só lamentou alguns passes errados em momentos importantes da partida.

“O time está de parabéns pela total entrega e disciplina tática. Jogamos equilibrados no primeiro tempo, mas pecamos na qualidade do último passe. O Deportivo teve que forçar nas bolas longas, porque não encontrou espaço para jogar curto. Isso é muito difícil de se fazer aqui na altitude de Quito. Foi um bom resultado”, afirmou Fossati.

A arbitragem de José Buitrago foi alvo de reclamações da diretoria do Internacional. “Gostei do empenho do time e do resultado. O time da casa veio para cima auxiliado pela arbitragem que, na minha avalição, errou demais durante todo o jogo. Tivemos que superar muita coisa em campo”, disse o presidente Vitório Piffero.

O empate deixou o Internacional na segunda colocação do Grupo 5 da Libertadores, com quatro pontos. A equipe gaúcha está dois atrás do líder Cerro. As duas equipes se enfrentarão no dia 18 de março, na cidade de Rivera, no Uruguai.