Coimbra – Líder do Grupo B com 4 pontos, a França precisa apenas de um empate contra a lanterna Suíça (1) hoje, às 15h45 (horário de Brasília), em Coimbra, para chegar às quartas-de-final da Eurocopa. Mesmo assim o técnico Jacques Santini garante que os franceses serão ofensivos e objetivos. “Vamos jogar de uma forma mais dinâmica e ativa desde o princípio??, disse.

Santini decidiu escalar o time que considera ser o melhor no momento. Com isso, o zagueiro Desailly e os meio-campistas Dacourt e Wiltord, que jogaram no 2 a 2 com a Croácia, sairão para dar lugar, respectivamente, a Silvestre, Pires e Makelele.

A Suíça ainda sonha com a vaga, mesmo que seus jogadores e o técnico Köbi Kuhn reconheçam que a missão é quase impossível. O atacante Frei, que deu uma cusparada no inglês Gerard no jogo com a Inglaterra, foi absolvido pela Uefa e está escalado. A agressão de Frei foi flagrada por uma emissora de TV alemã, que não apresentou a fita no julgamento, beneficiando o suíço. Na semana passada, a Uefa suspendeu o italiano Totti por 3 partidas por cuspir do dinamarquês Poulsen.

Em Lisboa, a Inglaterra (3 pontos) enfrenta também às 15h45 a Croácia (2) e confia nos gols do artilheiro Rooney para assegurar a classificação. A Croácia deve ter o atacante Ivica Olic. Ele foi pego no exame antidoping após o jogo com a França, mas foi inocentado pela Uefa. Olic sofreu uma pancada no joelho contra a Dinamarca e foi medicado com a substância proibida methylpresnisolone. A federação croata avisou sobre a medicação, mas acabou multada em 6,6 mil.