A França comemorou uma vitória histórica na Copa Davis neste sábado, em Clemont-Ferrand, ao bater a Espanha no duelo de duplas no segundo dia do confronto entre os países. Michael Llodra e Julien Benneteau bateram Fernando Verdasco e Feliciano Lopez por 3 sets a 1, com parciais de 6/1, 6/2, 6/7 (6/8) e 7/6 (7/5), em Clemont-Ferrand (FRA), e fecharam em 3 a 0 a melhor de cinco partidas do embate.

Com o resultado, os franceses eliminaram os atuais bicampeões da Davis, avançaram às semifinais do Grupo Mundial e derrotaram a Espanha pela primeira vez desde 1923 em um confronto da principal competição mundial de países do tênis masculino.

A vitória francesa foi consumada neste sábado depois de o país se aproveitar do fato de Rafael Nadal, poupado por causa de dores nos joelhos, ter sido descartado pela Espanha do embate. Na sexta-feira, sem o líder do ranking mundial pela frente em nenhum dos duelos de simples, a França viu Gael Monfils superar David Ferrer por 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/3), 6/2, 4/6, 5/7 e 6/4, e Llodra derrotar Fernando Verdasco por 3 a 1, com 6/7 (5/7), 6/4, 6/3 e 7/6 (7/2), abrindo 2 a 0 a seu favor.

Nove vezes campeões da Davis, o franceses avançaram à semifinal do torneio pela primeira vez desde 2004 e agora irão encarar o vencedor da disputa entre Rússia e Argentina. Atuando em Moscou, os argentinos lideram a melhor de cinco confrontos por 2 a 1, após a vitória conquistada no duelo de duplas neste sábado.