Valquir Aureliano
Para Paulo André time
tem condições de alcançar
a Sul-Americana.

O técnico Antônio Lopes poderá ter mais um abacaxi para descascar na hora de escalar o time para enfrentar o Cruzeiro, amanhã às 16h, na Arena da Baixada. Depois de perder Lima e Marcus Winícius por cartão amarelo, ele está na dependência de exames para saber se Alan Bahia terá condição de jogo. Como vários jogadores estão machucados e suspensos, Jônatas e Rodrigo Souto foram resgatados do grupo B.

Após a partida contra o Goiás, o volante Alan Bahia saiu de campo sentindo dores na coxa esquerda. Ontem mesmo ele foi submetido a um exame de ressonância magnética e hoje o departamento médico terá o resultado. Outro que está machucado também é Lima. Ele sentiu dores no pé esquerdo e passou por uma ecografia. Como está suspenso, terá tempo para se recuperar pra próxima semana.

Como Aloísio, Caetano (que será reavaliado hoje e tem alguma chance de jogar) e Dagoberto já estavam no estaleiro e com Lima, Marcus Winícius e Dênis Marques suspensos, o treinador pediu o retorno do atacante Schumaker, que estava disputando a Taça BH de juniores. Além disso, resgatou os ?renegados? Rodrigo Souto e Jônatas do grupo B. Para compensar tantos desfalques, o volante Cocito está de volta após cumprir suspensão automática.

Hoje, o Delegado comanda o treino apronto no CT do Caju. O provável time para amanhã deverá ter Diego; Paulo André, Cocito e Danilo; Jancarlos, Alan Bahia (Ticão), Fabrício, Evandro e Marcão; Jônatas (Schumaker) e Finazzi. Ontem, os titulares realizam um trabalho regenerativo na piscina de uma academia.

Meta é terminar turno entre os onze

A vitória sobre o Goiás não só ratificou a ascendência do Atlético no Campeonato Brasileiro como manteve de pé o projeto de terminar o primeiro turno entre os 11 melhores da competição. A intenção do elenco Rubro-Negro é subir até a zona de classificação para a Copa Sul-Americana nas próximas quatro rodadas. Por isso, a partida de amanhã contra o Cruzeiro é considerada chave na busca desse objetivo. O compromisso contra os mineiros está marcado para as 16h, na Arena da Baixada.

?Queremos chegar no final do primeiro turno lutando por vaga na Sul-Americana já. Eu acho que estamos seis pontos atrás do pessoal da frente e vamos em busca desse objetivo?, revela o ala-esquerdo Marcão. Por isso, o pensamento é um só dentro do elenco: fazer a lição de casa e beliscar pontos fora. ?Nós temos uma meta até o final desse turno. Demos um grande passo contra o Goiás e já nos distanciamos da zona de rebaixamento?, destaca.

De acordo com o zagueiro Paulo André, o time tem total condição de chegar entre os 11 primeiros daqui a quatro rodadas. ?Temos condições, mas jogo a jogo, ponto a ponto a gente consegue chegar nesse objetivo?, projeta. Por isso, o pensamento entre os atletas parece ser o de pensar em um adversário de cada vez. ?Temos que somar o maior número de pontos possíveis. A gente sabe que tem jogos difíceis fora e em casa temos que conseguir a vitória para dar uma alavancada?, analisa o zagueiro Danilo.