Em entrevista recente, o presidente da Federação Paranaense de Futebol, Hélio Cury, destacou que pretende retomar o Estadual a partir da segunda quinzena de junho. No entanto, alguns clubes retornaram aos treinos presenciais, de fato, somente nesta semana.

Com isso, o pouco trabalho em grupo e com bola nos gramados pode acarretar em algumas lesões, segundo afirmou o preparador físico Marcos Walczak à Tribuna.

“Tem que ter um tempo hábil para a retomada. É preciso trabalhar o mais específico possível e isso não vai ser possível pelo menos nesse início. Acredito que são necessárias de três a quatro semanas para adaptação dos atletas”, disse o profissional.

O primeiro grande campeonato a ser disputado em meio à pandemia do coronavírus foi a Bundesliga, na Alemanha. Logo nos primeiros jogos, oito jogadores acabaram saindo de campo lesionados.

“O grande problema é que times como Athletico e Coritiba, que possuem boas estruturas, estão tranquilos. Mas, outros clubes como Rio Branco não tem como nem testar os seus jogadores. Vai ser bem complicado esse início”, ressaltou Walczak.

Oito clubes estão na briga por vagas nas semifinais do Campeonato Paranaense. São eles: Athletico, Coritiba, Paraná, Operário, Londrina, FC Cascavel, Rio Branco e Cianorte. Destes, Furacão e Coxa já iniciaram os treinamentos presenciais. O Tricolor realizou testes em seu elenco e deve retomar os trabalhos na próxima semana.

Entre os clubes do interior, o FC Cascavel se reapresentou nesta sexta-feira com a realização dos testes contra o coronavírus em seu elenco. O Cianorte agendou a reapresentação para a próxima segunda-feira. O Operário retomou as atividades já nesta sexta-feira. O Rio Branco ainda estuda uma data para o retorno. O Londrina divulgou uma nota oficial recentemente sendo contrário à volta aos treinos.

+ Mais do futebol paranaense:

+ Athletico descarta interesse no atacante Ricardo Oliveira
+ Campeões de 1985 lembram com emoção a conquista do Coritiba
+ Ex-Paraná fala sobre atrasos em 2019: “Tinha gente sem dinheiro para ir treinar”


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?