O técnico Arsène Wenger afirmou nesta sexta-feira que o zagueiro William Gallas deverá desfalcar o Arsenal até o fim da temporada. O jogador francês, que sofreu uma lesão na panturrilha, poderá até ficar de fora da Copa do Mundo da África do Sul.

Gallas lesionou o músculo da panturrilha no empate por 2 a 2 com o Barcelona, na quarta-feira, pela Liga dos Campeões. Inicialmente, a previsão era de que o zagueiro estaria de volta em três semanas. No entanto, o treinador do Arsenal acredita que o tempo de recuperação poderá ser maior.

“Gallas deverá ficar de fora por mais de três semanas. Eu diria até cinco semanas”, declarou o treinador, que admitiu ter errado ao escalar o zagueiro na quarta. “Foi uma aposta que não deu certo. Foi um erro”, explicou.

Wenger, que também perdeu Fabregas e Arshavin no jogo com o Barcelona, acredita que existe a possibilidade do zagueiro voltar aos gramados até o dia 22 de maio, data da final da Liga dos Campeões.

Mas, mesmo se tiver recuperado nesta data, Gallas corre o risco de ficar de fora da seleção francesa. Nesta semana, o técnico Raymond Domenech avisou que só convocará os jogadores que tiverem condições físicas de jogar a partir do dia 18 de maio.