O técnico Dorival Júnior confirmou nesta quarta-feira que irá deixar o meia Paulo Henrique Ganso na reserva e descartou o atacante Robinho do clássico desta quinta, contra o Palmeiras, no Pacaembu, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

Relacionado para o confronto, Ganso deverá voltar a jogar no clássico menos de um mês depois de ter sido submetido a uma cirurgia no joelho direito, enquanto o atacante da seleção brasileira será poupado por ainda não estar em condições físicas ideias, após ter disputado a Copa do Mundo na África do Sul.

“Se o Ganso tivesse mais uns quatro dias de treinamento, ele já iniciaria jogando. Ele só não começa como titular porque teve pouco contato com bola depois da cirurgia. Ele fez um trabalho de condicionamento muito forte com os fisioterapeutas e já está bem fisicamente”, garantiu Dorival Júnior, que depois explicou a ausência de Robinho do clássico.

“O Robinho ainda não se sente 100%, porque com a seleção foram cinco jogos sem ter um intervalo para trabalhar fisicamente. É natural que, só com jogos, ele perca um pouco do condicionamento. Provavelmente no domingo (contra o Fluminense) ou, no mais tardar na próxima quarta-feira (contra o Atlético-PR), ele estará em campo”, avisou o comandante.