O Londrina não terá quatro titulares em seu jogo de estréia na Copa do Brasil, quarta-feira em Mesquita (RJ), contra o América. Os desfalques devem-se a um torneio que os juniores do próprio Londrina vão disputar a partir de sábado na Itália. Ou seja, o time de cima é que vai alimentar o de baixo.

A lista inclui os zagueiros Johnnes e Réfferson, o lateral-esquerdo Fábio e o atacante Bolão. Ainda juniores, eles são vinculados ao Londrina Júnior Team, que administra as categorias de base do clube. Os donos da empresa, que não é mais do clube, têm interesse em promover (e negociar, se possível) os atletas na Europa.

Além dos quatro citados, outros quinze jogadores embarcam na próxima quinta-feira para a Itália. A organização da Copa Carnevale banca a hospedagem, mas os gastos com a ida para a Europa são da LJT. Na primeira fase, o “Tubarãozinho” vai enfrentar os italianos Parma e Lazio e o alemão Bayern de Munique.

“Lívio fica”

O treinador do time profissional, Lívio Vieira, que pôs o cargo à disposição após a derrota para o Grêmio Maringá, permanece no cargo. Ontem o presidente do Londrina, Carlos Alberto Garcia, afirmou que “ele só sai se quiser”. Garcia não citou nomes, mas percebe-se que a atuação de veteranos do time, como o meia Rocha e o atacante Paraguaio, o desagradam. “Estou decepcionado com a falta de garra de alguns jogadores”, afirmou o dirigente.