O esporte competitivo começa com a criançada na mais tenra idade, para que possam aprender com o tempo, fortalecer seu corpo e assimilar as técnicas para alcançar alta performance no momento mais adequado para cada tipo de esporte.

Além dos esportes individuais e coletivos que se fundamentam nas práticas olímpicas, ainda existem os esportes em que se utilizam equipamentos, como canoagem, vela, ciclismo e outros mais sofisticados e que exigem alta tecnologia.

O esporte a motor é outro que se destaca na mídia e que também vem fazendo a cabeça da garotada. Além de sentir a adrenalina da velocidade, as crianças aprenderam que podem ser ídolos de um esporte com projeção mundial e com grande status como o automobilismo.

É o que aconteceu com Ayrton Senna, Michael Schumacher, Rubens Barrichello, Felipe Massa entre outros. O kart é o primeiro e mais importante estágio para o futuro piloto.

No Campeonato Brasileiro de Kart, que será disputado de 15 a 17 de julho no interior fluminense, mais de 30 guris a partir dos seis anos de idade começarão a mostrar o que já estão aprendendo.

Filho do piloto Daniel Gianfratti (diretor esportivo da equipe Ford e ex-piloto de Fórmula Truck), Enzo já enfrenta uma rotina de preparação que envolve estudos e prática de outros esportes, além dos treinos com seu equipamento de competição.

“Ele acorda 5h30 da manhã todos os dias e pratica judô, natação e treina de kart três vezes na semana”. O pai coruja alerta que o estudo é importante e diz que o filho é um exemplo.

“Ele adora estudar, tira só notas altas na escola e agora começa a estudar inglês”, revela. Enzo é o centro das atenções entre seus familiares e amigos, e entre tantas atividades ainda arruma tempo para jogar vídeo game, futebol.