Após um primeiro turno medíocre, o Paraná Clube reagiu de forma contundente no returno. Não fosse assim, e o caminho para a Terceirona estaria pavimentado. Em meio à profunda mudança no elenco, uma peça se manteve inalterada. O meia Giuliano foi titular com Paulo Bonamigo, Rogério Perrô e, depois de alguma resistência, conquistou também a posição com Paulo Comelli.

Uma regularidade que faz de Giuliano o único representante do clube entre os dez candidatos a “Craque da Série B”, evento promovido pela FBA – Futebol Brasil Associados, empresa gestora da competição.

O garoto de apenas 18 anos disse estar feliz com essa indicação. “É ver o trabalho reconhecido”, disse. Admitiu que ainda não sabia que concorria ao prêmio, pois não tem por hábito navegar na internet.

Giuliano, com apenas 5 gols, segue na condição de artilheiro no Paraná nesta Série B, agora ao lado de Ricardinho. Foi titular em 22 jogos do clube nesta Segundona e em outras duas partidas entrou no intervalo.

O meia paranista concorre ao prêmio com Válber e Marquinhos (Avaí), André Santos e Douglas (Corinthians), Adrianinho (Brasiliense), Marcelinho Carioca (Santo André), Nunes (Bragantino), Saulo (América-RN) e Túlio Maravilha (Vila Nova). A eleição ocorre por voto direto dos torcedores, via internet (fbafutebol.com.br).