Com um gol da revelação Erik, o Goiás venceu o Fluminense por 1 a 0 na noite dessa quarta-feira, no Serra Dourada e avançou à segunda fase da Copa Sul-Americana. O time carioca, que assim como na partida de ida, teve um jogador expulso, está eliminado da competição pelo critério do gol qualificado – o Flu havia vencido o primeiro jogo por 2 a 1. Na próxima fase, os goianos pegam o Lanús, da Argentina, o atual campeão.

Apesar de jogar pelo empate, foi o Fluminense que teve a iniciativa durante praticamente toda a etapa inicial. Jogando com apenas Fred na frente, as jogadas de ataque acabaram sendo construídas pelos laterais. Bruno era mais discreto, enquanto Carlinhos aparecia com frequência na linha de fundo.

Foi de Carlinhos a principal jogada do time carioca no primeiro tempo. Aos 29, ele avançou pela esquerda, se livrou da marcação e chutou do bico da grande área, mas a bola passou rente ao poste esquerdo de Renan. O lateral esquerdo acabou sentindo lesão nos minutos finais do primeiro tempo e saiu antes do intervalo.

Na etapa complementar, porém, o Goiás foi para cima. E abriu o marcador logo a dois minutos, quando Leo Veloso desviou de cabeça no meio da área e Erik, no segundo pau, concluiu para o gol.

O resultado dava a classificação ao time goiano, uma vez que marcou gol na partida de ida. Por isso, o técnico Cristóvão Borges resolveu ousar, sacando o lateral Bruno e colocando Walter em campo.

Mas Cristóvão não contava com a expulsão do zagueiro Elivelton aos 16 – ele levou o segundo amarelo. E, sem um lateral e sem um zagueiro, o treinador precisou sacar Fred para recompor a defesa. Assim, o Fluminense, que precisava de pelo menos um gol, ficou enfraquecido no ataque.

Dessa forma, o Goiás passou a ter amplo controle de jogo. Sólido na defesa e explorando os contragolpes, o time de Ricardo Drubscky ficou mais próximo de ampliar o marcador do que de sofrer o gol de empate. No fim, saiu de campo com a classificação merecida.

FICHA TÉCNICA:

GOIÁS 1 X 0 FLUMINENSE

GOIÁS – Renan; Valmir Lucas (Rodrigo), Felipe Macedo, Jackson e Léo Veloso; David, Thiago Mendes, Murilo, e Esquerdinha (Welington Júnior); Erik e Tiago Real. Técnico: Ricardo Drubscky.

FLUMINENSE – Felipe Garcia; Bruno (Walter), Henrique, Elivelton e Carlinhos (Kenedy); Diguinho, Jean, Chiquinho, Cícero e Conca; Fred (Marlon). Técnico: Cristóvão Borges.

GOLS – Erik, aos 2 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Francisco Carlos do Nascimento (AL).

CARTÃO AMARELO – Henrique, Valmir Lucas, Erik, Jean, Elivélton, Leo Veloso, Kenedy.

CARTÃO VERMELHO – Elivelton

RENDA – R$ 73.685,00.

PÚBLICO – 11.192 pagantes.

LOCAL – Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).