São Caetano do Sul (AE) – Com um gol de Leandrinho, aos 32 minutos do primeiro tempo, o Goiás venceu o São Caetano, por 1 a 0, neste sábado à tarde, no Estádio Anacleto Campanella, no ABC, pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Esta foi a 12.ª vitória do time goiano, assumindo provisoriamente a liderança isolada, com 41 pontos. A terceira derrota consecutiva do time paulista o deixou com 32 pontos, agora na 13.ª posição.

"Voltamos a jogar mal, mas não merecíamos perder", analisou o técnico Levir Culpi, que foi muito xingado pelos poucos torcedores que foram ao estádio. Na verdade, o Goiás dominou o jogo desde o início, com bom toque de bola e neutralizando as jogadas ofensivas do time paulista. Aos 32 minutos, Jadílson fez o cruzamento do lado esquerdo, a defesa não cortou e a bola sobrou livre para Leandrinho. Ele teve tempo de ajeitar a bola e bateu forte, sem chances para o goleiro Sílvio Luís.

O São Caetano não mostrou força de reação no segundo tempo, novamente dominado pelo Goiás. Nos últimos minutos, o time goiano preferiu se fechar para garantir a liderança. "Não podemos comemorar ainda, porque é muito cedo. Mas vamos continuar buscando pontos em todos os jogos", prometeu o técnico Geninho, apontado como responsável pelo crescimento do time dentro da competição. Na próxima rodada, dia 7 de setembro, o São Caetano irá enfrentar o Fortaleza, na capital cearense, e o Goiás terá pela frente o Figueirense-SC , em Florianópolis.

Ficha técnica:

Gol: Leandrinho, aos 32 min 1ºT.

São Caetano: Sílvio Luís; Renaldo (Raulen), Douglas, Thiago e Triguinho; Pingo, Zé Luís, Claudecir (Canindé) e Márcio Richardes; Jean (Márcio) e Dimba. Técnico: Levir Culpi

Goiás: Harlei; André Dias, Júlio Santos e Rogério Corrêa; Paulo Baier, Cléber, Tiago (Paulo Mutt), Rodrigo Tabata (Rafael Dias) e Jadílson; Souza e Leandrinho. Técnico: Geninho.

Juiz: Marcos Antônio Barros Café (DF)

Renda: R$ 65.000,00

Público: 3.667 espectadores.

Cartões amarelos: Douglas, Claudecir, Thiago, Rogério Corrêa e André Dias.

Local: São Caetano do Sul, hoje à tarde.