O goleiro do Flamengo Bruno Fernandes, suspeito de envolvimento no desaparecimento da estudante Elisa Samudio, de 25 anos, treinou na manhã desta quarta-feira no Centro de Treinamento Ninho do Urubu, em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio. O jogador não deu declarações à imprensa.

Aparentando tranquilidade e várias vezes sorrindo para os companheiros, o goleiro realizou exercícios e treinamento com bola. O atleta está afastado da intertemporada que o time realiza em Itu, até o esclarecimento do caso.

Bruno deixou o centro de treinamento por volta do meio-dia em um carro de vidros escuros. O veículo deixou o atleta dentro do condomínio onde ele reside, no Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste da cidade.

Na última terça-feira, a Polícia Civil de Minas Gerais confirmou que foram encontrados vestígios de sangue em objetos que estão no sítio de Bruno e na caminhonete Range Rover do goleiro. A constatação foi feita durante perícia realizada na propriedade do jogador, localizada em Esmeraldas, na região metropolitana de Belo Horizonte. O resultado do exame para saber de quem é o sangue deve sair nos próximos dias.