O fim do impasse sobre os recursos para a finalização da Arena da Baixada para a Copa de 2014 será anunciado terça-feira. Prefeitura de Curitiba e governo do Paraná aproveitam a presença do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, em Curitiba – o dirigente receberá o título de cidadão honorário da cidade -, para revelar de que forma será custeada a adequação do estádio para o Mundial.

A notícia foi divulgada no final da tarde de ontem pela Prefeitura de Curitiba. A origem dos recursos ainda é incerta, mas a hipótese de injeção de recursos públicos foi novamente descartada.

“Após detalhado o estudo de viabilidade econômica apresentamos ao governador uma proposta de como a cidade pode oferecer as condições necessárias para a reforma da Arena e uma responsabilidade do Clube Atlético Paranaense de assegurar que Curitiba seja uma das sedes da Copa”, disse o prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, em nota distribuída pela Prefeitura. “Vamos equacionar essa solução e cada um vai fazer sua parte”, afirmou o governador Orlando Pessuti, na mesma nota.

O secretário executivo do governo do Estado para a Copa de 2014, Wilson Portes, confirmou que “até terça-feira teremos esta solução final”. Portes, que ao lado de Pessuti reuniu-se ontem com Luciano Ducci e outros representantes do executivo municipal, é mais cauteloso e não ratifica a assinatura de um acordo.

“Delineamos uma ação e definiremos tudo nas próximas reuniões. Mas, certamente, seremos o primeiro estado a apresentar solução sobre os estádios da Copa”, afirmou.

O Atlético nega-se a custear com recursos próprios as reformas da Arena exigidas para o padrão da Copa do Mundo, avaliadas em R$ 100 milhões. O clube se propõe a bancar somente R$ 30 milhões, referentes às obras que já planejava para o estádio, independentemente das exigências da Fifa.

Arena Paratiba

O presidente do Paraná Clube, Aquilino Romani, confirmou ontem que é grande a possibilidade de a “Arena Paratiba” ser construída na área que hoje abriga o Pinheirão, no bairro Capão da Imbuia. O dirigente falou à rádio CBN Curitiba que o projeto do estádio a ser utilizado em conjunto por Paraná e Coritiba deve ser anunciado dentro de duas semanas.