Os representantes dos 16 clubes da 1.ª Divisão do futebol paranaense estarão reunidos nesta tarde, em Curitiba, na sede da Federação Paranaense de Futebol – FPF.

No arbitral financeiro serão discutidos assuntos referentes a questões que envolvem a organização do campeonato, o preço dos ingressos e as taxas de arbitragem do Estadual de 2008.

Outro assunto que deverá ser discutido pelos presentes diz respeito à transmissão dos jogos pela televisão aberta. Nos últimos anos os direitos de televisionamento do Estadual ficaram com a RPC – Rede Paranaense de Comunicação, filiada à Rede Globo. Desta vez a RIC – Rede Independência de Comunicação também apresentou uma proposta para mostrar a competição. Representantes das duas emissoras não revelaram os valores das suas propostas para a temporada de 2008. No Paranaense deste ano a RPC teria pago R$ 350 mil.

O trio de ferro – Atlético, Coritiba e Paraná receberiam R$ 40 mil, cabendo o restante – R$ 230 mil para ser dividido entre os outros 13 times, algo em torno dos 17 mil para cada clube. O Atlético considerou o valor muito baixo e vetou a transmissão dos seus jogos. Os clubes do interior ainda não receberam o repasse prometido pela Federação, que na época era dirigida pelo presidente Onaireves Moura. Segundo informações o dinheiro da transmissão teria sido canalizado para viabilizar o projeto da FPFTV, que mostrava pela internet os jogos do interior. Outros campeonatos estaduais como o Gaúcho e o Catarinense também terão transmissões pelos canais abertos dos seus respectivos estados, além do sistema pague -para – ver. No Rio Grande do Sul, cada clube do interior receberá para o próximo ano R$ 300 mil. A dupla Grenal terá uma cota bem acima desse valor. No Campeonato Carioca as cifras são bem mais polpudas.

O Estadual deste ano valeu para os grandes clubes R$ 4 milhões. Segundo as contas dos cartolas, a Globo gastou R$ 131 milhões para ficar com a competição entre 2009 e 2011. Isso inclui um reajuste de R$ 22 milhões na edição de R$ 2008.

Fórmula

A fórmula da Série Ouro, a 1.ª Divisão do Paranaense do próximo ano, já está definida. Será a mesma do Estadual de 2007. Na 1.ª fase, as equipes se enfrentam em turno único, no sistema de pontos corridos. Os oito melhores se classificam para a 2.ª fase, quando serão divididos em dois grupos. Os dois primeiros colocados de cada grupo se classificam para as semifinais. Os dois vencedores desta fase anterior decidem o título. Os dois últimos colocados na 1.ª fase serão rebaixados para a Divisão de Acesso em 2009. Participarão do Estadual do próximo ano Adap Galo, Atlético, Cascavel, Coritiba, Cianorte, Engenheiro Beltrão, Iguaçu, Iraty, J. Malucelli, Londrina, Paranavaí, Paraná, Portuguesa, Rio Branco, além do Toledo e Real Brasil, respectivamente, campeão e vice da Divisão de Acesso de 2007.