e191031204.jpg

Mark Brown, do Haras Áutria, preparado por Luiz Roberto Feltran, pode surpreender as forças
do Grande Prêmio Paraná.

Pela primeira vez o Grande Prêmio Paraná será realizado numa sexta-feira, quebrando uma tradição que teve início em 1942, no antigo Hipódromo do Guabirotuba. As circunstâncias, especialmente de ordem financeira, justificam a mudança de data e, acreditamos que grande público comparecerá ao Tarumã para assistir sua maior festa, proporcionando elevado movimento de apostas, pois as corridas serão realizadas em simulcasting com a Gávea e apostas através das agências do Rio de Janeiro e São Paulo.

O programa de doze páreos apresenta-se sensacional, merecendo destaque o apoio que o Jockey Club recebeu de dirigentes dos maiores centros, de proprietários, treinadores e jóqueis que abrilhantarão o Grande Prêmio Paraná 2004, recebendo o reconhecimento daqueles que acompanham as dificuldades do turfe local.

O Grande Prêmio Paraná apresenta-se muito equilibrado, apesar da melhor campanha de Honey Silver (1999), que vai enfrentar perigosos adversários da geração 2001, que levam vantagem de peso, especialmente Dá-lhe Grison, Moroti, Escriba, Special Day e Mark Brown. Mas, além de Honey Silver, outros competidores que irão de 59 quilos atuarão com muita chance, especialmente Fort Bird, Mark, Monkey American, Nobody, Forever Led e Jangadeiro.

Destaque, ainda, para extraordinários jóqueis que vieram de outros centros, como J.Ricardo, J.Moreira, A.Queiroz, N.Cunha, A.Domingos, J.Henrique, N.Souza, A.Mesquita, V.Leal, I.Correa, E.R.Fernandes e M.Moraes. Uma verdadeira seleção, sem dúvida.

Os Grandes Prêmios Governador do Estado e Delegação do Jockey Club de São Paulo, também com a participação de animais de outros centros, são outras atrações desta tarde-noite, no Hipódromo do Tarumã,

Horário

A primeira prova está marcada para as 15h30, com encerramento as 21h15. O Grande Prêmio Paraná está marcado para às 20h15. É importante o cumprimento do horário, para o sucesso financeiro.

Anotações

1.º Páreo – Stratus, que depois de vencer conseguiu dois segundos, ganha destaque nesta prova, enquanto Riboletto, vindo de boa vitória, também tem chance. Que Memória, porém, ganhadora de uma corrida na Gávea, pode ameaçar nossos preferidos.

2.º Páreo – Vindo de três boas atuações, Kuña Pajé é nossa favorita, mas Michaelis, que veio de Uvaranas, sem surpresa pode derrotá-la, figurando Itacoré e The Good Stallion como maior rivais da dupla 9/8.

3.º Páreo – Dubliner estreou com vitória e continua com muita chance, mas o estreante Outro Ligeiro, com 7 vitórias na Gávea, figura num mesmo plano. Rocky Pesado e Jadhir são perigosos adversários.

4.º Páreo – Silver di Caroline pode estrear com vitória. Mais aguerridas, porém, Money Links e Minha Graça são rivais de primeira linha. Inusitada e Xara’s Prata também estão muito faladas.

5.º Páreo – Double Song, vindo de três segundos, é o destaque desta prova, figurando como seus maiores rivais Di Trevi, Bergkamp, Mon Berry, Mariscal Punk e Nheco Nheco Nheco, pela ordem.

6. Páreo – Nesta equilibrada corrida vamos indicar Kebuloso que vem de boa atuação em São Paulo, respeitando muito não só Rondonópolis, nosso preferido para a dupla, como também K’Mpeão, Gin Special e Heart Keller.

7.º Páreo – Sem Vício, atravessando fase evolução, defenderá nosso voto, mas respeitamos muito K’Marote que vinha de bom segundo e rodou em sua corrida anterior. Undenberg, Javanés e Novelesca são as forças imediatas.

8.º Páreo – A prova velocidade apresenta-se sem força destacada. Vamos indicar Ana Banana, respeitando muito Megaphone, Bela da Toca, Menphis Bellle, Jaracap e Capitão Voador.

9.º Páreo – O páreo da milha agrada não só pela categoria dos animais inscritos, como também pelo equilíbrio de forças. Investment Banker, atravessando fase de evolução, defenderá nosso voto, mas terá que correr muito para derrotar Ottocento, Pé de Pano e Setembro Chove.

10.º Páreo – Chegou a vez do Grande Prêmio Paraná, que apresenta-se muito equilibrado. Contrariando muitos, vamos indicar Fort Bird, respeitando muito Hone Silver, mas não será surpresa se prevalecer a dupla com Tarumã, com Moroti ou Dá-lhe Grison, enquanto Monkey American Forever Led também são boas indicações.

11.º Páreo – Pianista di Ouro, que reapareceu com vitória, ganha destaque na penúltima prova, figurando como suas maiores rivais Apreciatta e a parelha Olive Garden/Night Better.

12.º Páreo – Nikkey é o favorito da prova final, especialmente se folgar na ponta. Gostamos da dupla 27 com Olympian, enquanto Salustiano, Blue Doro Dancer e Privilegiado são as forças imediatas.