Com boas atuações dos estreantes Edu e Rodrigo, promovidos dos juniores, o Grêmio venceu o Flamengo por 2 a 0 ontem, no Olímpico, e chegou a 18 pontos na classificação do campeonato brasileiro. O Flamengo continua com 21 pontos. O jogo foi equilibrado, mas o tricolor aproveitou bem as oportunidades que teve e estabeleceu o placar ainda no primeiro tempo. Depois, passou a administrar a vantagem com um eficiente trabalho defensivo comandando por Ânderson Polga.

O zagueiro pentacampeão voltou ao time depois de um afastamento de três meses provocado por lesão e, bem posicionado afastou todas as bolas que o Flamengo lançou na área gremista.

O Grêmio fez 1 a 0 aos 27 minutos. Flávio recebeu um lançamento de Douglas, avançou para o lado esquerdo do campo, driblou um zagueiro e chutou no canto de Diego. Foi o primeiro gol do centroavante pelo Grêmio. O jogador chegou ao Olímpico há menos de um mês na condição de artilheiro do campeonato gaúcho, com 18 gols, e jogava sua primeira partida completa pelo novo time.

Logo depois, aos 33 minutos, o estreante Edu estava vencendo toda a defesa do Flamengo a dribles quando foi derrubado perto da área.

Anderson Lima cobrou a falta no canto. Diego não conseguiu alcançar a bola. O lateral gremista comemorou seu quarto gol no campeonato brasileiro. Com nove gols em 2003, quase todos de falta, ele é o artilheiro do time no ano.

No segundo tempo, o Flamengo tentou envolver o Grêmio no toque de bola, mas encontrou Edu, Amaral e Polga sempre bem posicionados para desarmar as jogadas. Só duas vezes o ataque rubro-negro conseguiu exigir boas defesas de Danrlei. Aos 20 minutos, numa cabeçada de André Bahia, e aos 46, num chute forte de Vinícius.

Grêmio 2×0 Flamengo

Gols: Flávio aos 27 minutos e Anderson Lima aos 33 minutos do primeiro tempo.

Grêmio: Danrlei; Anderson Lima, Ânderson Polga, Claudiomiro (Adriano) e Roger; Amaral, Edu (Renato), Douglas e Rodrigo (João Roberto); Flávio e Cláudio Pitbull. Técnico: Dario Pereyra.

Flamengo: Diego; Luciano Baiano (Rafael), Fernando, André Bahia e Cássio; Fabinho, Fábio Baiano, Jônatas e Igor; Zé Carlos (Vinícius) e Jean. Técnico: Nelsinho Baptista.

Público: 8.200 pagantes. Renda: R$ 69.295,00.