O Grêmio arrancou um empate, por 1 a 1, com o Vitória, nesta quarta-feira, no Estádio Olímpico, no reinício do Campeonato Brasileiro. A partida, válida pela oitava rodada, foi disputada em uma noite gelada, em Porto Alegre, com temperatura batendo em 9ºC.

Com o tropeço dentro de casa, o time gaúcho se manteve na parte inferior da tabela, com nove pontos. O Vitória apresenta a mesma pontuação, também próximo da zona do rebaixamento.

Apesar do frio, o Vitória começou melhor do que o time da casa, desentrosado no início. A equipe baiana saiu de Salvador com 28ºC, mas não se assustou com a diferença de temperatura. Melhor em campo, abriu o placar aos 34 minutos. Após cruzamento de Ramon e de uma falha de Adílson, a bola sobrou para Wallace, que bateu cruzado para o fundo das redes.

Depois do gol, o Grêmio levou mais um susto antes do intervalo. O meia Leandro sentiu uma lesão muscular e deixou o gramado chorando. Foi a terceira lesão do atleta desde o início do ano. Maylson entrou no lugar de Leandro aos 20 minutos.

O Grêmio só entrou no jogo no segundo tempo, após ver o Vitória apresentar um melhor futebol na etapa inicial. O técnico Silas resolveu apostar e sacou o volante Willian Magrão para colocar mais um atacante em campo. Com a entrada de André Lima, o time da casa foi para cima do visitante e chegou ao empate.

O gol, aos 30 minutos, saiu em um erro da defesa visitante. O atacante Jonas cruzou na área e a bola bateu na perna do lateral Egídio antes de tomar o caminho das redes do goleiro Viáfara.

Na próxima rodada, o Grêmio tentará se recuperar diante do Prudente, no Estádio Prudentão, domingo, às 18h30. O Vitória vai receber o São Paulo no Barradão, em Salvador, no sábado, às 18h30.

Ficha Técnica:

Grêmio 1 x 1 Vitória

Grêmio – Victor; Edilson, Rafael Marques, Rodrigo e Neuton; Adilson, Willian Magrão (André Lima), Leandro (Maylson) e Hugo; Jonas e Borges. Técnico: Silas.

Vitória – Viáfara; Nino Paraíba, Anderson Martins, Wallace e Egídio (Rafael Cruz); Vanderson, Ricardo Conceição, Fernando (Vilson) e Ramon (Soares); Elkeson e Schwenck. Técnico: Ricardo Silva.

Gols – Wallace, aos 33 minutos do primeiro tempo. Egídio, aos 30 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos – Hugo, Willian Magrão, Jonas, Neuton (Grêmio); Elkeson, Ricardo Conceição, Ramon, Fernando e Viáfara (Vitória).

Árbitro – André Luiz de Freitas Castro (GO).

Renda – R$ 110.219,00.

Público – 8.359 pagantes.

Local – Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS).