A diretoria do Grêmio rejeitou nesta segunda-feira a hipótese de conceder férias antecipadas para seus jogadores. O elenco vai seguir treinando em Porto Alegre nesta semana, embora esteja proibido de abordar assuntos polêmicos em entrevistas, como o desejo da torcida de ver o time perder para o Flamengo. Uma vitória gremista poderia dar o título ao Internacional.

A decisão deve ser anunciada oficialmente nesta terça-feira e afasta a especulação de que as férias seriam antecipadas. A reapresentação do elenco já está marcada para a tarde de terça.

Antes da decisão, o próprio presidente do Grêmio, Duda Kroeff, manifestou um discurso dúbio. Ele garantiu que o tricolor jamais entra em campo para perder. Ao mesmo tempo, avisou que o clube tem seus próprios interesses e que, pelas circunstâncias, não tem como dar grande importância à partida contra o Flamengo. “Ninguém vai escalar o Grêmio; quem escala o Grêmio é o Grêmio”.

Também o meia Tcheco, que se despediu do Olímpico no domingo, lembrou que os gremistas ficaram revoltados no ano passado, quando o Internacional usou time misto e perdeu para o São Paulo, campeão na sequência com três pontos à frente do Grêmio.