Dois dias depois de perder o título gaúcho para o rival Internacional, o Grêmio voltou aos trabalhos nesta terça-feira pela manhã. Debaixo de sol, os atletas iniciaram as atividades às 9 horas. O horário, mais cedo do que o costume de boa parte dos clubes do País, não foi escolhido por acaso. Serviu como preparação para o clima que o time vai enfrentar na estreia do Campeonato Brasileiro.

Como novidade para a edição de 2015, a CBF implementou o horário das 11 horas para algumas partidas do Brasileirão. O Grêmio será o primeiro a experimentar a mudança, diante da Ponte Preta no domingo, em Porto Alegre. E para se acostumar com as condições que enfrentará no fim de semana, vai treinar ainda mais cedo ao longo dos próximos dias.

O goleiro Marcelo Grohe admitiu a estranheza pela novidade, mas garantiu que os jogadores vão se habituar facilmente. “Na base é comum jogos em vários horários, mas é algo que nunca vivi profissionalmente. Mas já estamos trabalhando para acostumar o nosso corpo”, declarou nesta terça.

Na reapresentação do elenco, os atletas que atuaram durante os 90 minutos da decisão contra o Inter fizeram um trabalho de regeneração na academia. O restante do elenco foi a campo e realizou um treino físico, em circuito de corrida. Depois, os atletas foram divididos em dois times e participaram de uma atividade tática.