O vice de futebol do Grêmio está com vários pepinos e abacaxis na mão. Tudo porque tem que renovar o contrato dos principais jogadores. Ânderson Lima exige pagamento de uma dívida de R$ 600 mil para ficar. O ala direito aceita um pagamento de 40% da dívida e um parcelamento do restante. Ânderson tem proposta para jogar no Benfica, mas Tite pediu para que o ala permanecesse no Olímpíco.

O atacante Luiz Mário também não conseguiu convencer Vallandro de que merecia um aumento. O vice de futebol queria reduzir o salário do Papa-léguas, que recebia perto de R$ 80 mil, para R$ 40 mil. Luiz Mário desistiu de tentar renovar o seu contrato e está deixando o Grêmio e o próximo clube deverá ser o Cruzeiro, que oferece o salário que o Grêmio não quis aceitar.

Por outro lado, Vallandro está próximo de renovar com o volante Gavião. O jogador explicou que faltam apenas detalhes para assinar o acordo. “Espero fechar o contrato logo para disputar a Libertadores pelo Grêmio”, revelou Gavião.

O atacante Rodrigo Mendes confirmou que está deixando o Olímpico e voltando para outra temporada no futebol japonês. Mendes vestirá novamente a camisa do Kashima Antlers. Para o seu lugar o Grêmio espera confirmar nas próximas horas a contratação de Lucas. O centroavante depende de uma liberação por parte da Fifa. Felipe Alvim, ex-Juventude, pode ser o reforço para a ala esquerda. O jogador está no Rio de Janeiro e é dono do passe.