Na mesma situação do Coritiba, o Grêmio tenta entrar em ritmo de competição no torneio de Florianópolis para retomar o Campeonato Brasileiro. Para tanto, o técnico Silas levou 26 jogadores para a capital catarinense e pretende usar o máximo possível.

“Conforme os confrontos forem passando, vamos ver se já começamos a montar um time para a sequência do Brasileirão”, disse o treinador. Ele, no entanto, teve que apagar um princípio de incêndio com o zagueiro Mário Fernandes, que ficou sabendo pela imprensa que seria usado como lateral-direito e não gostou.

Silas conversou com o atleta e, aparentemente, está tudo resolvido. Na formação, ele mantém os mesmos atletas que atuaram domingo contra o Nacional-URU em Rivera, no país vizinho.