Após quase sete meses de sofrimento, o Guarani conseguiu respirar aliviado com a permanência na Série B do Brasileiro. Mesmo com quatro meses de salários atrasados, o time do interior paulista se livrou do rebaixamento ao ganhar do Goiás por 2 a 0, na tarde deste sábado, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas, pela última rodada do campeonato.

Mesmo que a vitória sobre o Goiás não viesse, o Guarani não correria risco de cair, já que o Icasa perdeu para a Portuguesa, por 2 a 0, em outro jogo realizado neste sábado, e foi o último rebaixado para a Série C de 2012.

Com a vitória na última rodada, o Guarani termina a competição em 12º lugar, com 52 pontos – o Icasa foi rebaixado com 47 pontos. Já o Goiás, que apenas cumpria tabela neste sábado, ficou na 11ª colocação, também com 52 pontos.

A partida no Brinco de Ouro esteve longe de ser empolgante. Apesar de não exibir um futebol brilhante, o Guarani se aproveitou do fato de encarar um adversário desmotivado. O primeiro gol saiu aos 16 minutos de jogo, quando o meia Felipe recebeu passe do atacante Fabinho e bateu no canto esquerdo do goleiro Harlei.

O segundo gol do Guarani saiu apenas nos minutos finais da partida, já aos 44, com o atacante Marcelo Macedo aproveitando uma sobra dentro da área.

Agora, o Guarani tentará superar a crise política, após a destituição do presidente Leonel Martins de Oliveira, para iniciar o planejamento de 2012. Nos próximos dias, o Conselho Deliberativo do clube deve escolher uma nova diretoria.

FICHA TÉCNICA:

Guarani 2 x 0 Goiás

Guarani – Emerson; Bruno Peres, Gabriel, Lucas Fonseca e João Paulo; Leandro Carvalho, Lusmar, Dadá (Rodrigo Paulista) e Felipe (Marcelo Macedo); Fabinho (Jéferson Luís) e Denilson. Técnico – Giba.

Goiás – Harlei; Carlos Alberto, Rafael Tolói, Ernando e Netinho (Tardelly); Amaral, Thiago Mendes, Elivélton (Cleyton) e Marcelo Costa; Felipe Amorin e Guto (Bruno Aquino). Técnico – Enderson Moreira.

Gols – Felipe, aos 16 minutos do primeiro tempo; Marcelo Macedo, aos 44 minutos do segundo tempo.

Árbitro – Arilson Bispo da Anunciação (BA).

Cartões amarelos – Elivélton, Dadá, Leandro Carvalho, Gabriel, Rafael Tolói e Jéferson.

Renda – R$ 32.445,00.

Público – 3.779 pagantes.

Local – Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP).