Para alegria dos peruanos e da torcida do Flamengo, Paolo Guerrero finalmente desencantou na Copa América, no Chile. Nesta quinta-feira, o centroavante marcou os três gols de seu seleção na vitória por 3 a 1 sobre a Bolívia, no estádio Germán Becker, em Temuco, pelas quartas de final da competição. Agora, o Peru terá o desafio de enfrentar os donos da casa na semifinal, marcada para a próxima segunda, às 20h30 (de Brasília), no estádio Nacional, em Santiago.

Agora artilheiro da atual competição com três gols – foi o goleador da edição anterior, em 2011, na Argentina -, Guerrero precisou de apenas um jogo para se juntar ao chileno Arturo Vidal no topo da artilharia. E o Peru repete o que fez quatro anos atrás ao chegar à semifinal. Na ocasião, perdeu para o Uruguai e ganhou a disputa do terceiro lugar contra a Venezuela.

Em campo, o Peru mostrou ter mais técnica que a Bolívia e dominou as ações. Não demorou muito para praticamente garantir a vitória ainda no primeiro tempo. Aos 19 minutos, Guerrero marcou o primeiro gol de cabeça no canto esquerdo de Quiñonez. Três minutos depois, em um rápido contra-ataque, o centroavante recebeu na área e tocou na saída do goleiro boliviano.

Com a vantagem, o Peru tratou de tocar a bola e não deixou a Bolívia jogar. O goleiro Gallese pouco trabalhou e só apareceu ao receber um cartão amarelo por fazer cera. Aos 28 minutos da segunda etapa, em outro rápido contragolpe peruano, Guerrero ficou livre na entrada da área e mais uma vez esperou o goleiro rival sair para tocar rasteiro para as redes.

Mesmo entregue, a Bolívia foi ao ataque e conseguiu um pênalti aos 38 minutos. O centroavante Marcelo Moreno, ex-Grêmio e Cruzeiro, bateu no meio do gol e diminuiu a desvantagem, dando alguma esperança aos bolivianos. No entanto, a reação parou por aí.

FICHA TÉCNICA

BOLÍVIA 1 x 3 PERU

BOLÍVIA – Quiñonez; Cristian Coimbra, Miguel Hurtado (Pablo Escobar), Ronald Raldés e Zenteno; Leonel Morales (Alcides Peña)(Pedriel), Danny Bejarano, Chumacero e Smedberg; Damián Lizio e Marcelo Moreno. Técnico: Mauricio Soria.

PERU – Gallese; Advíncula, Zambrano, Ascues e Juan Vargas; Yotún, Retamoso, Christian Cueva (Cueva) e Farfán (Hurtado); Claudio Pizarro (André Carrillo) e Paolo Guerrero. Técnico: Ricardo Gareca.

GOLS – Guerrero, aos 19 e aos 22 minutos do primeiro tempo; Guerrero, aos 28, e Marcelo Moreno (pênalti), aos 38 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELOS – Marcelo Moreno, Pablo Escobar, Pedriel e Danny Bejarano (Bolívia); Gallese (Peru).

ÁRBITRO – Wilmar Roldán (Fifa/Colômbia).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Germán Becker, em Temuco (Chile).