São Paulo – Em busca de sua primeira vitória nessa sua minitemporada de torneios do saibro europeu, Gustavo Kuerten ganhou mais um dia de folga, adaptação e treinamentos para sua estréia no ATP Tour de Sopot, na Polônia. Só que em seu atual estágio, esse dia extra em nada deve favorecê-lo. Afinal, seu primeiro jogo – na terça-feira – será diante do argentino Guillermo Coria, número 15 do ranking mundial, e que vem embalado pelo título conquistado ontem, em Umag, com vitória sobre o espanhol Carlos Moya por 6/ 2, 4/6 e 6/2.

Coria é um conhecido ?freguês? de Guga. Em quatro jogos, perdeu todos. Só que a situação hoje em dia está muito diferente.

Enquanto o tenista argentino recuperou-se plenamente de uma cirurgia no ombro direito, o brasileiro ainda sofre com as reações de duas operações no quadril.

Guga chegou a Sopot na sexta-feira à noite, ao lado do técnico Hernan Gumy e do atual preparador físico, o também argentino Juan Pablo Sangalli, da equipe de Fernando Cao.

O seu retrospecto diante de Guillermo Coria revela a mudança. Em 2001, no saibro Masters Series de Montecarlo, Kuerten passou por 6/4 e 6/2 sobre Coria. Meses depois, voltou a vencer o argentino na estréia de Roland Garros por 6/1, 7/5 e 6/4. O brasileiro só teve certa dificuldades em competições realizadas em quadras de cimento. Mesmo assim, bateu Coria na final do Brasil Open, que em 2002 era disputado em quadras sintéticas, por 6/7, 7/5 e 7/6 e em 2003 no ATP Tour de Auckand, na Nova Zelândia, ganhou por 7/5, 4/6 e 6/2.

Como Guga precisa ganhar ritmo nesses jogos, o brasileiro irá participar também da chave de duplas em Sopot. Jogará ao lado da revelação francesa, Gaels Monfils e sua estréia será diante de desconhecidos tenistas, como Robert Lindstedt, da Suécia, e Rogier Wassen, da Holanda.

Mello nos EUA

Animado com os bons resultados no ATP Tour de Los Angeles, quando chegou as quartas-de-final e só perdeu pra o eslovaco Dominik Hrbaty, depois de desperdiçar sete match points – o brasileiro Ricardo Mello joga essa semana no torneio de Washington. Como cabeça-de-chave número 15, vai sair uma rodada à frente e só vai estrear diante do vencedor da partida entre os norte-americanos Bobby Raynolds e Alex Clayton.