O primeiro objetivo de Gustavo Kuerten já foi alcançado, chegar à segunda semana de Roland Garros. Ontem, ele derrotou o chileno Fernando Gonzales, por 3 sets a 1, parciais de 6/3 2/6 7/6 e 6/4, em 2h40 de jogo e avançou às oitavas-de-final da competição. Amanhã, ele enfrenta o espanhol Albert Costa e o jogo vale uma vaga entre os oito melhores do torneio.

Alguns dias antes de o torneio começar, Guga ainda tinha dúvidas em sua cabeça de como se sairia em jogos de cinco sets e colocou um objetivo para si: disputar a segunda semana da competição. Para alcançar esse objetivo, ele lutou bastante nesta sexta, na quadra Suzanne Lenglen e conseguiu minar a força do chileno Gonzales. E estava muito satisfeito com a sua atuação nesta partida.

“Estou realmente muito feliz. Sabia que não seria um jogo fácil com o Gonzales e sem dúvida nenhuma fiz a minha melhor partida esse ano aqui em Roland Garros. Foi a primeira vez que joguei contra o Gonzales e estava difícil de conseguir fazer o meu jogo. O cara jogou de maneira inspirada, foi um guerreiro, não saiu das características dele, só que eu acertei as minhas bolas nas horas certas,” comemorou Guga, que enfatizou a força mental que teve e a evolução do seu saque. Guga explicou que no terceiro set, especialmente, teve que ficar muito concentrado no jogo e deu para ver que a sua parte mental já evoluiu bastante.

“Eu consegui sair de situações difíceis, virar o tie-break, 0/40 no quarto set e o saque também foi o golpe que mais evoluiu do último jogo para esse. Só no finalzinho que eu acabei me entusiasmando um pouco antes da hora, mas felizmente consegui vencer,” contou Guga, com um sorriso estampado no rosto por estar nas oitavas-de-final de Roland Garros pela quinta vez na carreira (97, 99, 2000 e 2001).

“Cheguei aqui jogando legal, mas não no meu melhor ritmo e agora estou muito próximo de ver mais um sonho meu se realizando. De repente para mim é até uma surpresa estar nas oitavas, estou cheio de alegria, satisfeito comigo mesmo e a partir de agora começa um novo torneio.”

E neste novo torneio, em que só estarão competindo 16 tenistas, Guga enfrentará um velho conhecido, o espanhol Albert Costa, 22º colocado no ranking mundial e 14º. na Corrida dos Campeões. Brasileiro e espanhol já se enfrentaram sete vezes e Guga venceu as seis últimas.

“Sei que ainda posso melhorar o meu jogo e agora vai ser tudo de igual para a igual, mas vou ter que encontrar uma maneira de ganhar dele, porque se perder estou fora e apesar de estar feliz por já estar nas oitavas, não vou ficar satisfeito. Quero mais e vou entrar em quadra convicto de que vai dar certo.”

Por já estar nas oitavas, Guga, sétimo colocado no ranking mundial e 70º. na Corrida dos Campeões, garantiu 30 pontos na Corrida e outros 150 no ranking mundial.