São Paulo – O judoca Leandro Guilheiro, de 21 anos, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Atenas no peso leve, deve ter alta hoje do hospital Oswaldo Cruz, mesmo que apoiado por uma muleta do lado direito e tendo o braço esquerdo engessado entre o punho e o cotovelo. Ontem, o atleta passou por duas cirurgias sucessivas, que foram bem-sucedidas, para corrigir lesões no quadril e no punho, do lado esquerdo do corpo. A previsão de recuperação feita pelos médicos é de quatro a seis meses.

No total, foram cinco horas de intervenções cirúrgicas. Além do reparo do punho, fraturado desde antes das Olimpíadas de Atenas, Leandro foi submetido a correção de uma lesão na cartilagem da articulação entre o quadril e o osso fêmur da perna e a limpeza de uma inflamação na área.A recuperação do punho esquerdo exige mais cuidado. Guilheiro enfrentará o período de cicatrização, que pode durar até 90 dias.