Dois judocas olímpicos se encontraram nesta manhã de terça-feira na sala de cirurgias do Hospital Samaritano, em São Pulo. Atleta da seleção brasileira, Leandro Guilheiro foi operado pelo traumatologista Wagner Castropil, que defendeu o Brasil nos Jogos de Barcelona/1992. O atleta terá alta hoje mesmo.

De acordo com o médico, a operação que reconstruiu o ligamento cruzado anterior do joelho direito de Guilheiro demorou cerca de uma hora e vinte minutos e foi considerada um sucesso. O atleta terá alta ainda nesta terça-feira e já na sexta-feira começa a fisioterapia, no Instituto Vita, do qual Castropil é presidente.

Esta foi a nona cirurgia da carreira de Guilheiro. O atleta duas vezes medalhista olímpico (Atenas/2004 e Pequim/2008) já havia sido submetido a operações no púbis, punho, quadril, ombros direito e esquerdo (duas vezes) e coluna. Só no joelho direito esta é a segunda intervenção.

Guilheiro se lesionou em um treinamento da seleção brasileira na última terça-feira, em São Paulo, e deverá ficar afastado por cerca de seis meses. “Claro que esta é apenas uma estimativa, porque algumas vezes este período é mais reduzido e, em outros, um pouco mais longo. O mais importante é que o Leandro tenha uma recuperação plena antes de voltar às competições” diz Castropil.