A escalação do Internacional para o duelo com o Guarani, neste sábado, no Brinco de Ouro, está envolta em mistério. Nesta sexta-feira, o técnico fechou o treinamento realizado no Beira-Rio, não dando pistas sobre as presenças dos atacantes Eduardo Sasha e Nico López na formação titular.

Certo mesmo é o retorno do meia D’Alessandro, que cumpriu suspensão automática na última terça-feira, quando o time superou o Goiás por 3 a 0. Nesse triunfo, Eduardo Sasha reclamou de dores no ombro e se tornou dúvida para o confronto, ainda que não tenha sido descartado pelo departamento médico. O problema com Sasha abre espaço para que Camilo seja mantido na formação titular, atuando ao lado de D’Alessandro na partida contra o Guarani.

Já Nico López está livre de dores musculares e novamente à disposição do técnico Guto Ferreira. A tendência, porém, é de que Leandro Damião seja mantido na formação titular. Assim, o Inter deve entrar em campo para enfrentar o Guarani com a seguinte formação: Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Klaus, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, D’Alessandro, Camilo e William Pottker; Leandro Damião.

Em Campinas, o Inter não poderá contar com Felipe Gutiérrez, que está suspenso. Além disso, Danilo Silva e Carlinhos estão recuperados de lesões, mas não foram relacionados por Guto Ferreira para o confronto.

O confronto entre Inter e Guarani é decisivo para a sequência da Série B. O time gaúcho é o vice-líder, com 30 pontos, dois a mais do que o Guarani, o quinto colocado.