Tommy Haas sofreu diante do holandês Robin Haase neste domingo, mas não deixou escapar o título do Torneio de Viena, na Áustria. O alemão, ex-número dois do mundo, confirmou o favoritismo com uma vitória por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/4, em 2h05min de duelo.

Haas, de 35 anos, faturou seu 15º troféu no circuito da ATP, o segundo da temporada. O primeiro foi em Munique – teve ainda o vice de San José, nos Estados Unidos. Haase, por sua vez, acumulou sua segunda derrota em uma final neste ano (a primeira foi em Gstaad, na Suíça).

Os dois tenistas fizeram um primeiro set irregular neste domingo. Haas chegou a ter o saque quebrado, mas levou a melhor porque conseguiu se impor duas vezes no serviço do rival. A situação se inverteu na segunda parcial. O holandês faturou duas quebras e abriu vantagem, empatando o duelo.

No terceiro set, Haas voltou a controlar a partida e, mesmo cedendo nova quebra, conseguiu quebrar o saque de holandês por outras duas vezes para fechar a partida e o campeonato. Apesar do título, o tenista da Alemanha tem remotas chances de se classificar para o ATP Finals, em Londres, no próximo mês.