O handebol feminino brasileiro começa sua caminhada em busca do ouro nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara neste sábado, diante dos Estados Unidos, às 15 horas (horário de Brasília). Para chegar ao título, e consequentemente conquistar a vaga olímpica, as jogadoras apostam na união e na garra da equipe.

“Das seleções de que já fiz parte, essa é, com certeza, a mais unida e a que tem mais garra. E é isso o que precisamos mostrar já na estreia, para deixar claro que viemos para conquistar o título”, declarou a goleira Chana, que esteve presente nos títulos do Pan de Santo Domingo, em 2003, e do Rio de Janeiro, em 2007.

A seleção está no Grupo B da competição, ao lado das norte-americanas, das uruguaias e das dominicanas. Para avançar com tranquilidade para a segunda fase, o técnico dinamarquês Morten Soubak sabe da importância de conseguir uma boa vitória logo na estreia.

“É sempre bom começar com vitória para entrar mais tranquilo na segunda partida. Estou muito contente com o que a equipe vem apresentando, e o Pan será uma continuidade do Pan-Americano de Clubes e dos amistosos que realizamos na Áustria (antes de embarcar para o México)”, afirmou.