Após ficar cinco meses afastada do circuito, Venus Williams se despediu do Torneio de Eastbourne nesta quinta-feira. A americana foi eliminada nas quartas de final pela eslovaca Daniela Hantuchova por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 5/7 e 6/2, em 2h23min de partida.

Venus voltou às competições nesta semana para se preparar para a grama de Wimbledon, onde buscará seu sexto título a partir da próxima segunda-feira. Depois de uma sequência de lesões, a americana fez um bom retorno às quadras com vitórias sobre a alemã Andrea Petkovic, uma das surpresas da temporada e a sérvia Ana Ivanovic, ex-número 1 do mundo.

“Não tive a melhor sorte hoje, mas me senti bem com a minha preparação. Joguei algumas partidas aqui e passei um bom tempo em quadra”, afirmou Venus, que busca ritmo de jogo para não decepcionar em Wimbledon. “Acho que joguei bem aqui. Voltei a atuar em um nível competitivo. E jogar aqui foi ideal [para a preparação]”, completou.

A eliminação de Venus acontece um dia depois da queda da irmã Serena, que também voltou a competir nesta semana. Serena não entrava em quadra desde o título de Wimbledon do ano passado. Ela venceu a búlgara Tsvetana Pironkova na estreia, mas não resistiu à russa Vera Zvonareva, na quarta.

Zvonareva, principal favorita ao título, acabou sendo eliminada nesta quinta pela australiana Samantha Stosur por 4/6, 7/6 (7/4) e 6/4. Na semifinal, Stosur terá pela frente a francesa Marion Bartoli, que contou com mais um abandono da bielo-russa Victoria Azarenka.

Terceira cabeça de chave, Azarenka deixou a partida quando perdia por 6/2 e 2/0. A bielo-russa alegou dores na virilha para registrar sua décima desistência nos últimos 18 meses no circuito.

 

A outra semifinal terá Hantuchova, algoz de Venus, e a checa Petra Kvitova, algoz da polonesa Agnieszka Radwanska por 1/6, 6/2 e 7/6 (7/2).