A belga Justine Henin, que anunciou seu retorno ao tênis há apenas três semanas, foi convidada pela organização do Aberto da Austrália para disputar o torneio, em janeiro de 2010. Ex-número 1 do mundo, Henin estava fora do circuito desde maio do ano passado, quando alegou estar cansada da rotina do circuito profissional para se afastar do tênis.

No entanto, após a volta de sua compatriota Kim Clijsters, em agosto, Justine Henin decidiu retornar às quadras, com o objetivo de conquista do único Grand Slam que lhe falta na carreira, o de Wimbledon.

“Eu falei com a equipe de Justine (Henin) durante o final de semana e fico feliz em concedê-la um convite”, disse o diretor do Aberto da Austrália, Craig Tiley, em comunicado divulgado nesta segunda-feira. “Não tenho a menor dúvida que ela se apresentará na melhor forma, preparada para competir com as melhores”, completou.

A volta oficial de Henin às quadras deve acontecer ainda neste ano, nos torneios de exibição de Charleroi, na Bélgica, e Dubai. Campeã do Aberto da Austrália em 2004, a tenista belga é dona de 41 títulos da WTA, incluindo sete torneios de Grand Slam.