O jovem Henrique será a aposta do técnico Mano Menezes para a vaga de Ronaldo, machucado na mão esquerda. Ele substituirá o Fenômeno na partida desta quarta-feira, contra o Santo André, em São José do Rio Preto. Mas quem é Henrique, perguntaria o torcedor do Corinthians mais desavisado? Mano responde: “É um garoto que está treinando muito bem e que já merece a oportunidade”.

Contratado em maio do Guarani, o atacante de 22 anos chegou junto com Marcinho, ex-Noroeste, e Jucilei, ex-Corinthians Paranaense. O último teve maior destaque até agora, principalmente por ter marcado um gol no clássico contra o São Paulo. Henrique e Marcinho tiveram de esperar até serem relacionados para o banco de reservas. “É o momento de colocarmos em campo os jogadores que contratamos. Ninguém é aposta, se está aqui é porque tem condição”, cravou Mano.

Henrique se destacou no Guarani no Campeonato Paulista do ano passado ao livrar o time do rebaixamento para a Série A-2. Foi considerado herói após marcar 11 gols em dez jogos nas últimas rodadas da competição. Mas a sequência do garoto foi ruim.

Na Série C do Brasileiro, ele caiu de produção a ponto de o clube ter de contratar Fernando Gaúcho na campanha do acesso à Série B. No Paulistão deste ano, sua participação foi tímida, mas os gols de 2008 estavam gravados na memória dos executivos da EMS, empresa de medicamentos que investe em jogadores de futebol. Eles compraram o atleta e o colocaram no Corinthians.

CENTROAVANTE – Henrique joga na área. Com boa estatura, foi referência nos cruzamentos no treino desta terça-feira. “Eu optei pelo Henrique para não mudar tanto nossa maneira de jogar. O Ronaldo tem atuado mais fixo, que é como quero que o Henrique atue”. O jogador trabalhou até mais tarde e não teve tempo de conceder entrevistas.

Mas e Bill? E Souza? “O Bill não joga nessa função. E o Souza está relacionado, viaja e pode até entrar durante a partida”, disse o treinador. Mas Souza não deve mais jogar pelo Corinthians no Brasileiro porque completaria sete partidas e não poderia ser negociado. O Fluminense tem interesse no jogador.