O Cruzeiro ainda não está matematicamente livre do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Por isso, o volante Henrique trata o duelo contra o Sport, nesta quarta-feira, no Recife, como fundamental para não correr riscos na reta final. “As duas equipes brigaram pelos mesmos fatores dentro do campeonato. Cruzeiro e Sport lá sempre foi um jogo difícil. O Cruzeiro vai em busca de mais uma vitória porque a gente precisa apagar de vez esse retrospecto que tivemos esse ano, contra um adversário que sempre é difícil”, disse.

O time mineiro ocupa a 13.ª colocação com 44 pontos, a seis de distância do Internacional, o 17.º colocado e primeiro entre os quatro rebaixados. “A gente pretende terminar o ano bem. E você só termina o ano bem se vencer os jogos que estão faltando. Pra isso, tem de encarar da melhor forma possível, de cabeça boa, e com tranquilidade. Temos que vencer os jogos que restam e vamos em busca disso”, completou Henrique.

O Sport vive situação semelhante na competição. A equipe pernambucana aparece em 14.º lugar com 43 pontos. “Eles são fortes e jogam duro dentro de casa. É um time que está lutando para se afastar de vez do Z4 (zona de rebaixamento), como nós. A dificuldade vai ser muito grande”, analisou Henrique.

Nesta quarta-feira, o Cruzeiro completará 10 dias sem jogos pelo Brasileirão, mas isso não é sinônimo de descanso. Henrique disse que nesse período o trabalho foi intenso. “Descanso só de jogo porque a gente trabalhou praticamente durante todos os dias. Bom que a mente descansa também. O desgaste é muito grande. Mas a gente sente falta do jogo. Jogador que estar sempre em atividade”, finalizou.