O australiano Lleyton Hewitt acabou com uma série de 15 derrotas seguidas para o suíço Roger Federer para conquistar o título do Torneio de Halle, evitando que o número 2 do mundo conquistasse o seu sexto título na disputa alemã. Neste domingo, o ex-número 1 do mundo e atual 32º colocado no ranking da ATP venceu por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 7/6 (7/4) e 6/4, em 2 horas e 21 minutos. Assim, Hewitt passa a acumular 28 títulos na sua carreira.

O primeiro set foi equilibrado, mas apenas Federer conseguir converter um break-point. No sexto game, o suíço quebrou o saque de Hewitt, o que foi fundamental para o triunfo por 6/3. O australiano reagiu no começo do segundo set, conseguiu uma quebra de serviço e abriu 2/0. Porém, o suíço reagiu, devolveu a quebra de serviço, empatou o set e levou a disputa ao tie-break, em que Federer cometeu muitos erros e foi batido por 7/4.

Hewitt voltou a começar melhor o segundo set e com uma quebra de serviço no início abriu 2/0. Depois, precisou apenas confirmar o seu saque três vezes para fechar a parcial em 6/4, encerrando uma sequência de 29 vitórias de Federer em Halle e faturando o título do torneio disputado em piso de grama e que serve de preparação para Wimbledon.